Marcos Roberto pede dedetização de bueiros e poda de árvores

O vereador Marcos Roberto Fernandes apresentou duas indicações na sessão de terça-feira pedindo que sejam feitos serviços de dedetização e podas de árvores.

Ele sugeriu que o município faça a dedetização dos bueiros da ruas e avenidas da cidade já que moradores têm reclamado a infestação de animais peçonhentos, além da grande quantidade de baratas que saem deles e entram nas casas.

Outro pedido do parlamentar foi a poda de árvores na Praça das Bandeiras, que estão muito altas e os galhos estão caindo sobre os veículos estacionados.

Vagner quer levantamento de lâmpadas queimadas e a troca

O vereador Vagner Andrade pediu ao setor competente da Prefeitura de Patrocínio Paulista que faça um levantamento de lâmpadas das áreas públicas que estão queimadas ou com problemas e encaminhe à Companhia de Força e Luz (CPFL) para que faça a substituição.

Comissão da Câmara segue investigando a Santa Casa

A Comissão da Câmara, integrada pelos vereadores Geraldo Mendes, Néria Buzatto e Marcos Roberto, continua investigando a situaçaõ da Santa Casa. Ao menos quatro reuniões já foram realizadas e vários documentos analisados.

Os vereadores acompanham a situação de pagamento dos médicos e, principalmente, a questão da saída de diretores. Segundo a comissão, o gestor do hospital já sinalizou que vai convocar, em breve, a eleição de novos membros da diretoria.

Para o presidente Ricardo Rocha a situação é grave e precisa ser resolvida com a máxima urgência. Segundo ele, a Câmara não poderá aprovar projetos que beneficiem o hospital sem que ele tenha uma diretoria constituída e isso pode prejudicar a Santa Casa e os usuários.

Santos Reis e Congadas: Projeto declara associação de utilidade pública

Projeto de Lei apresentado pelo presidente da Câmara, Ricardo Rocha, e pelo vereador Marcos Roberto Fernandes, declarou sendo de utilidade pública a Associação Folclórica Comunitária Santos Reis e Congadas de Patrocínio Paulista.

O projeto foi aprovado por unanimidade e, assim que for sancionado pelo prefeito Mauro Barcellos, a entidade ficará apta a receber recursos públicos, especialmente emendas parlamentares estaduais e federais para promover suas ações culturais.

A associação, que não tem fins lucrativos, está situada no bairro Santa Cruz e é respondável por divulgar a cultura da cidade por meio de apresentações em determinados período do ano.