Lar São Vicente pede apoio da Câmara para enfrentar crise financeir

Representantes do Lar São Vicente de Paulo estiveram na sessão da Câmara na terça-feira, 12 de junho, pedindo apoio dos vereadores e da população para enfrentar a crise financeira por qual a entidade vem passando. A enfermeira Gabriela Furtado e a voluntária Ruth Carvalho explicaram aos vereadores - e ao público presente - as necessidades da instituição.

Além de falta de pessoal, a dificuldade financeira assola a entidade. Segundo Gabriela, o Lar atende atualmente 23 idosos (tem capacidade para 24). A Prefeitura repassa subvenção suficiente para cobrir 20% dos gastos. A diferença é custeada com a ajuda da população e eventos. O déficit mensal do Lar chega a seis mil reais. “Estamos dando nosso grito de socorro porque a situação realmente está muito difícil”, disse Gabriela.

Apesar de ter limitações e não poder determinar verbas para o Lar, a Câmara pode apoiar e intermediar uma conversa com o Executivo. E isso ficou definido durante a reunião. Os vereadores e os representantes da entidade vão se reunir com o Prefeito Mauro Barcellos para pedir suplementação de verba.