Câmara abre vaga para Procurador Jurídico

Foi aprovado pela Câmara de Vereadores, durante sessão extraordinária realizada ontem, o cargo de Procurador Jurídico. A vaga, de Assessor Jurídico, até então ocupada na modalidade de comissionado, será destinada a um profissional concursado.

Outra vaga aberta pela Câmara para ser ocupada em concurso público é de Assessor Administrativo, aprovada em junho do ano passado.

A abertura das vagas segue orientação do TCE (Tribunal de Contas do Estado) que argumenta que as repartições públicas têm que manter um determinado percentual de concursados.
As regras do concurso, bem como horas de trabalho e vencimentos para os classificados para as vagas, serão publicados em edital. O concurso deve ser realizado ainda no primeiro semestre.

Câmara aprova abertura de crédito para contratação de médicos

A Câmara de Patrocínio Paulista aprovou durante sessão extraordinária, realizada na noite de ontem, 19 de janeiro, a abertura de crédito adicional pela Prefeitura de Patrocínio Paulista no valor de R$ 400 mil. O dinheiro será utilizado para pagamento da prestação de serviços médicos em onze especialidades: ginecologia/obstetra; pediatra; endocrinologia; angiologia; psiquiatria; dermatologia; neurologia; urologia e otorrinolaringologia. Em duas das especialidades serão contratados dois médicos. São elas: ginecologia e pediatria. Desta forma, ao todo, onze profissionais atuarão na rede a partir de fevereiro.
O secretário municipal de Saúde, Valdeir Sanguino, esteve na Câmara para explicar a contratação. Segundo ele, os médicos atenderão os pacientes com horário e dias previamente agendados no Centro de Saúde 3. O secretário explicou que haverá um pregão, no dia 29 de janeiro, para a contratação dos profissionais. A intenção é colocar os médicos na rede em até 15 dias após o pregão, mas existe todo o processo burocrático de contratação que pode passar por recursos, entre outras situações.
Valdeir também esclareceu várias dúvidas dos vereadores a respeito do atendimento médico e afirmou que, assim que contratados, a população será informada a respeito dos horários e dias de atendimento, além dos nomes dos profissionais.
Assista
Você pode acessar no link abaixo o vídeo da sessão extraordinária que começou com a participação do secretário.

Secretário de Saúde vai a Câmara e explica impasse com a Santa Casa

O secretário Municipal de Saúde, Valdeir Sanguino, esteve na Câmara de Patrocínio Paulista, na noite de ontem, dando explicações aos vereadores a respeito do impasse entre a Santa Casa e Prefeitura para a renovação da parceria no atendimento do plantão 24 horas.

Segundo ele, o atual provedor do hospital não aceitou a proposta do município, válida inicialmente entre os meses de janeiro a abril, para o atendimento do plantão.

Na prática, o valor repassado pela Prefeitura seria suficiente para custear o plantão médico, a retaguarda médica (que é quando um especialista é chamado para atender o paciente); materiais hospitalares e, ainda, o pagamento de um enfermeiro, dois técnicos de enfermagem e um auxiliar de limpeza.

Com o repasse suspenso para o plantão, o secretário confirmou que o município vai reforçar o atendimento básico nas Unidades Municipais de Saúde. Já os plantões em situações de urgência e emergência devem continuar sendo atendidos pelo hospital.

Os vereadores questionaram o secretário que respondeu a todas perguntas. O vídeo completo com a participação de Valdeir e dos vereadores pode ser conferido no Canal TV Câmara. Basta acessa o link abaixo. A participação do secretário começa a partir dos 40 minutos da sessão.

https://www.youtube.com/watch?v=QdCdG5RXl04&t=2504s

Câmara autoriza repasses de R$ 60 mil para a Apae

 

A Câmara de Patrocínio Paulista aprovou, por unanimidade, o Projeto de Lei 97/2017, de autoria do Executivo, que prevê repasses para a Apae (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais de Patrocínio Paulista). O repasse, que soma R$ 60 mil, será destinado à manutenção de despesas de custeio da entidade, especificamente no pagamento de uma classe de funcionários, ao longo dos 12 meses do próximo ano. A entidade deverá prestar contas no dia 31 de janeiro de 2019, de acordo com normas do TCE (Tribunal de Contas do Estado).