Urandi usa a tribuna para agradecer homenagem

 

Urandi Pascoal Marques usou a tribuna da Câmara na sessão de terça-feira, 15 de setembro, para agradecer os vereadores a aprovação do Projeto de Lei 73/2015. O projeto denominou rua do bairro Residencial Paraíso com o nome do seu pai, Uatevilo Teixeira Marques, que trabalhou na cidade como projetista e foi responsável pela construção de inúmeras moradias em Patrocínio Paulista.

Muito emocionado, Urandi nominou e agradeceu todos os vereadores pela aprovação da proposta assinada pelo vereador Marcos Roberto. “A iniciativa partiu do senhor Marcos, mas todos merecem nossos agradecimentos porque fazem parte desta Casa de Leis e aprovaram o projeto selando essa homenagem”, disse Urandi.

Para ele, o dia 15 de setembro vai ficar marcado com uma data muito especial para toda a família Marques. “Essa data jamais será esquecida. Uma homenagem a um cidadão que um dia fez de Patrocínio sua terra natal e construiu casas por toda a cidade realizando o sonho de muita gente. Consideramos como o um título de cidadão in memoria”, disse.

O homenageado
Uatevilo Teixeira Marques nasceu em Pedregulho em setembro de 1921. Filho de Urias Teixeira Marques e Ana Faleiros Marques. Mudou-se para Patrocínio Paulista ainda na juventude. Casou-se com Maria José do Nascimento Marques, com teve quatro filhos: Ubirajara, Ubiratã, Urandi e Umari. Uatevilo faleceu em abril 2007, aos 86 anos.

Gravação
Assista a participação de Urandi na tribuna da Câmara. Acessewww.camarapp.sp.gov.br e clique no "Canal TV Câmara". Em seguida acesse o vídeo da sessão do dia 15 de setembro, a partir da 1h19;21 de gravação.

Câmara autoriza abertutra de créditos para pagamento de servidores

A Câmara de Patrocínio Paulista aprovou durante a sessão de ontem, 22 de setembro, o Projeto de Lei 74/2015 que autoriza o Poder Executivo a abrir crédito suplementar no orçamento no valor de R$ 2,376 milhões.

De acordo com o Projeto, os recursos serão utilizados para o pagamento dos servidores públicos municipais, estagiários e despesas de serviços de terceiros da Saúde. Como o valor não constava no orçamento para a folha de pagamento, será remanejado de outros setores para tal finalidade.

A aprovação ao projeto não foi unânime. Os vereadores Marcos Roberto Fernandes, Carlito Funchal e José Milton Faleiros votaram contrários por entender que o governo municipal teve alta arrecadação de impostos, mas não fez investimentos na cidade e nem planejou corretamente suas finanças. Abaixo, estão as fotos dos vereadores que se manifestaram favoráveis e contrários ao projeto. Clique na foto e veja o que cada um pensa a respeito deste assunto.

Cozinheiras vão à Câmara e pedem mudanças na nova Cozinha Piloto

 

A construção da nova Cozinha Piloto, local onde será preparado os alimentos dos alunos da rede pública, tem gerado descontentamento das cozinheiras. Elas reclamam que o espaço que dará abrigo às novas instalações, além de pequeno e desconfortável, não trará segurança.

O assunto voltou a ser tema da reunião da Câmara, ontem, quando o presidente do Legislativo, Ricardo Rocha, convidou as cozinheiras e o engenheiro da Prefeitura, Rafael Kanazawa, para conversarem com os vereadores. Rafael apresentou as plantas da nova cozinha e explicou como vai funcionar. Mesmo depois das explicações, as cozinheiras mantiveram seus posicionamentos de que o local não é adequado para desenvolverem seus trabalhos.

Na Cozinha Piloto são produzidas merendas que servem mais de três mil alunos por dia. O local antigo tem mais de trinta anos e os vereadores não concordam que, na construção da nova unidade, a cozinha foi reduzida quase pela metade, dando pouco espaço para as funcionárias trabalharem.
A Câmara vai continuar apoiando as cozinheiras e cobrando o município as readequações necessárias.

Gravação
A discussão sobre o assunto pode ser conferida em vídeo da sessão na página www.camarapp.sp.gov.br, no link “Canal TV Câmara”. O assunto começa a partir dos 22 minutos e 50 segundos de gravação da 22ª Sessão Ordinária.

Câmara aprova cessão da patrulha rural aos pequenos produtores

 

Projeto de Lei 84/2015 aprovado pela Câmara na sessão da última terça-feira, 22 de setembro, autoriza o Poder Executivo a ceder a patrulha mecanizada rural para a Associação dos Pequenos Produtores de Patrocínio Paulista. Assim, a associação poderá oferecer mais opções de serviços aos donos de pequenas propriedades.

Segundo o presidente da Câmara, Ricardo Rocha, os equipamentos foram adquiridos há cerca de três anos e estavam lotados no Pátio Municipal. “O maquinário estava no tempo, sob sol e chuva, sendo que poderia ser utilizado. Eu agradeço aos vereadores pela autorização porque agora, finalmente, esses equipamentos serão usados por quem precisa”, disse Rocha.

A patrulha rural conta com trator, arado, plantadeira, pulverizador, grade niveladora e carreta.

Imagens: fotos mostram dois dos equipamentos que estão no Pátio Municipal há três anos, sem uso.