Melhorias no velório e cemitério voltam a ser temas de discussão na Câmara

Os serviços de manutenção do velório e cemitério da cidade voltaram a ser temas de discussão na Câmara Municipal. O assunto foi levantado a partir do Projeto de Lei 91/2015, que tramita na Casa e dispõe sobre o serviço funerário municipal. A matéria foi lida na sessão de terça-feira, 6 de outubro, e encaminhada para análise das comissões de Justiça, Redação e Finanças da Câmara.

O vereador Giovani Silva tomou a iniciativa de convidar o diretor de funerária, Rafael Melo, para discutir um pouco sobre o assunto e esclarecer algumas dúvidas dos vereadores, principalmente, de melhorias no velório. Clique no link abaixo e assista o debate sobre o assunto.

Câmara autoriza premiações aos atletas dos Jogos Regionais

 

A Câmara aprovou, por unanimidade, o Projeto de Lei 82/2015, que autoriza Poder Executivo a premiar os atletas (por equipe e individual) que participaram dos 59º Jogos Regionais, realizados na cidade de Barretos. A autorização abre crédito adicional especial no valor de R$ 6500. A data para a distribuição dos prêmios será definida pela Prefeitura.

Vereadores pedem transporte dos alunos do Jd. Planalto até a escola “Jorge Faleiros”

Indicação assinada por todos os vereadores da Câmara Municipal e encaminhada nesta quarta-feira à Prefeitura de Patrocínio, pede a secretária Liege Sabrina que estude “com a maior atenção possível” a possibilidade de transportar os alunos do Jardim Planalto até a Escola Estadual Jorge Faleiros.

O assunto foi levantado na sessão passada pelo vereador Marcos Roberto e ganhou a adesão dos colegas que concordaram ser uma questão de humanidade o transporte pleiteado, principalmente por conta do intenso calor dos últimos dias. Há tempos os alunos que moram no Planalto atravessam a cidade a pé para chegar à escola.

Câmara vai intermediar reunião entre Santa Casa e Prefeitura

 
A Câmara de Patrocínio Paulista pretende intermediar, na próxima semana, uma reunião entre representantes da Santa Casa e Prefeitura Municipal para tentar um acordo de continuidade do atendimento de especialidades médicas pello hospital à população.

Uma carta do provedor da Santa Casa, Emílio Bertoni, e que foi lida na última sessão, informou os parlamentares que o convênio com a prefeitura será encerrado no final de outubro, uma vez que o valor oferecido pelo município para os próximos dois meses está muito abaixo da subvenção recebida até agora para manter os serviços.

A Prefeitura também encaminhou documento explicando a proposta que foi recusada pela Santa Casa.

Por conta desse impasse, o vereador Giovani Silva sugeriu que representantes da área da saúde e do hospital venham até a Câmara para discutir com os vereadores e tentar um acordo que não prejudique o atendimento à população. O presidente Ricardo Rocha concordou com o colega e já fez os convites aos responsáveis que devem ir à Câmara na próxima terça-feira.