Vereadores aprovam créditos de R$ 110 mil para Prefeitura pagar indenizações

 

Ainda durante a sessão desta terça-feira, 8, foi aprovado o Projeto de Lei 105/2015, que autorizou a abertura de crédito no valor de R$ 110 mil para pagamento de indenizações trabalhistas.

Segundo o vereador Giovani Silva, trata-se de ações impetradas por ex-funcionários comissionados da Prefeitura, de gestões passadas, que não recebiam à época alguns direitos trabalhistas, como o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), e acabaram ingressando na Justiça para reaver seus direitos.

Entidades receberão subvenção de R$ 454 mil

A câmara de Patrocínio Paulista aprovou, durante sessão de ontem, o Projeto de Lei 108/2015 que prevê repasses de recursos de mais de R$ 454 mil a cinco entidades da cidade.

O dinheiro, que será repassado entre os meses de janeiro a junho de 2016, será distribuído às seguintes entidades: Lar de Idosos Frederico Ozanan (R$ 110 mil); Apae (R$ 64,8 mil); Oficina Santa Rita de Cássia (R$ 35,8 mil); Sonho de Criança Casa Lar (R$ 142 mil) e Sonho de Criança Espaço Amigo (R$ 102 mil).

O vereador José Milton Faleiros se absteve de votar. Ele justificou a “discrepância de valores” que estão sendo repassados para a entidade Sonho de Criança. “Não votei no ano anterior neste projeto e agora vou me abster porque não concordo com essa discrepância dos repasses às entidades”, disse.

Câmara vai devolver R$ 150 mil à Prefeitura

No final do exercício de 2015, a Câmara Municipal de Patrocínio Paulista irá devolver mais de R$ 150 mil aos cofres públicos. O anuncio foi feito por Ricardo Rocha que presidiu o Legislativo neste ano.

Ao falar sobre a devolução, Ricardo Rocha disse que espera que o Poder Executivo faça bom uso do dinheiro, especialmente, que utilize em benefício da população. “Que o prefeito utilize ou na saúde, na educação, ou mesmo invista no conserto de maquinários que estão parados à espera de manutenção”, disse.

Cai o número roubos e furto de veículos em Patrocínio Paulista

 

Levantamento feito pela Polícia Civil, a pedido do vereador Marcos Roberto, apontou que a criminalidade - no que diz respeito a roubos e furto de veículos - caiu em Patrocínio Paulista.

De janeiro a outubro de 2014, vinte e duas pessoas foram vítimas de roubo (quando a vítima sofre violência ou ameaça), enquanto neste ano, no mesmo período, foram dezessete.

Os casos de furto de veículos também tiveram redução. De janeiro a outubro deste ano foram registrados seis casos. Ano passado, no mesmo período, foram 13.

*** Furtos
Na contramão dos outros crimes, os casos de furtos (quando é levado um pertence da pessoa sem que ela presencie) cresceram: em 2014, de janeiro a outubro, foram 149 casos. Neste ano já são 162.