Marcos pede que Prefeitura utilize bloquetes da Rua Itirapuã na Prainha e Recanto Arizona

A Rua Itirapuã, no bairro Santa Cruz, está passando por obras de pavimentação. Os bloquetes de concreto serão substituídos por asfalto. Pensando no material que será retirado, o vereador Marcos Roberto Fernandes apresentou indicação na sessão de ontem sugerindo que a Prefeitura reaproveite os bloquetes no bairro da Prainha e no Recanto Arizona, naquelas ruas que mais necessitem de calçamento.
"Será uma medida bem vinda e que certamente vai ajudar em muito o trânsito nas ruas desses bairros", disse Marcos.
A indicação já foi entregue ao setor responsável da Prefeitura.
 
Foto: imagem das máquinas da Prefeitura durante serviços na Rua Itirapuã
 
 
 
 

Câmara repudia desabafo de provedor da Santa Casa sobre situação do hospital

Durante a sessão ordinária realizada na noite de ontem na Câmara Municipal, os vereadores repudiaram a postagem do provedor da Santa Casa, Keys Alencar, feita em uma rede social. Segundo os vereadores, o provedor foi infeliz quando diz que a Câmara não se manifesta a respeito dos problemas do hospital.
Ricardo Rocha, presidente da Câmara, lembrou que foi o Legislativo quem aprovou uma verba de R$ 45 mil mensais para especialidade médica do hospital, além da compra de uma ambulância e um carro, benefícios esses que foram recusados pelo provedor.
"Na hora de assinar a verba, ele simplesmente dispensou. Agora vem acusar a Câmara de omissão? A Santa Casa passaria a receber mais de 300 mil reais por mês, somando com essa verba de R$ 45 mil aprovada recentemente, mas a diretoria decidiu recusar e simplesmente parar a negociação. O provedor precisa ter consciência que trabalha para o povo. A população não é boba e quem acompanha a Câmara sabe o quanto nós trabalhamos pela Santa Casa", disse o presidente.
Rocha ainda finalizou dizendo que a Câmara vai continuar aprovando projetos que beneficiem o hospital. A sessão completa pode ser acessada pelo vídeo que já está disponível no nosso canal. Acesse no link abaixo e assista.
 

Lourival, Marcos e Vagner pedem a distribuição da merenda escolar aos alunos carentes

Os vereadores Lourival Crispolini, Marcos Roberto Fernandes e Vagner Andrade, assinaram indicação pedindo à Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação, que transforme a merenda escolar diária em vale alimentação, cesta básica ou até mesmo marmitex, tudo na proporção de custo, com objetivo de fornecer alimentação aos alunos do município. Isso porque, com a suspensão das aulas desde o dia 23 de abril, devido à pandemia do coronavírus, alimentos e recursos da merenda estão parados.
O vereador Marcos, inclusive, usou a tribuna na noite de ontem, e disse que falou diretamente com o diretor regional da Educação, Marcos Amaral, e ele disse que os municípios podem fazer tal doação e que muitas cidades já estão transformando a merenda em cestas para famílias carentes.
"Eu havia conversado mais cedo com a Bárbara e ela informou que ainda não tinha um posicionamento à respeito desse assunto. Foi então que decidi entrar em contato com o dirigente estadual de ensino e ele me disse os municípios podem usar a merenda que está comprada e fazer cesta para crianças carentes", disse o vereador Marcos.
"Esperamos que a Prefeitura veja isso o mais rápido possível. Tem famílias que têm três filhos ou mais em escola e creches e a despesa em casa aumentou muito. Então, se temos, poderia ver uma forma de distribuir", disse Marcos.
Lourival Crispolini também comentou a respeito. "Seria muito bom se a gente conseguisse essa distribuição da merenda. Tem muita gente precisando de ajuda nesse momento crítico já que muitos estão afastados do trabalho", disse.

Câmara realiza sessão ordinária. Vídeo pode ser acessado no link abaixo

Os vereadores da Câmara de Patrocínio Paulista se reuniram, na noite de ontem, para mais uma sessão ordinária. Sem a presença do público, devido à prevenção ao novo coronavírus, a sessão foi transmitida pela internet, ao vivo, e a gravação na íntegra já pode ser acessada no link abaixo.
Na sessão, os vereadores votaram e aprovaram um Projeto de Lei, o de número 48/2020. De autoria do Executivo, o projeto autoriza a contratação e criação de uma cargo de Chefe de Suprimento de Materiais e, ao mesmo tempo, extingue o cargo de Chefe de Vigilância Socioassistencial.
De acordo com a Prefeitura, o projeto nada mais é que uma adequação e reestruturação do quadro de funcionários e servidores para melhorar a coordenação e articulação dos trabalhos do setor de almoxarifado.
Além do projeto de Lei aprovado, foi lida uma indicação que será enviada à Prefeitura. A indicação será detalhada nas próximas postagens.