Câmara vai devolver R$ 150 mil à Prefeitura

No final do exercício de 2015, a Câmara Municipal de Patrocínio Paulista irá devolver mais de R$ 150 mil aos cofres públicos. O anuncio foi feito por Ricardo Rocha que presidiu o Legislativo neste ano.

Ao falar sobre a devolução, Ricardo Rocha disse que espera que o Poder Executivo faça bom uso do dinheiro, especialmente, que utilize em benefício da população. “Que o prefeito utilize ou na saúde, na educação, ou mesmo invista no conserto de maquinários que estão parados à espera de manutenção”, disse.

Cai o número roubos e furto de veículos em Patrocínio Paulista

 

Levantamento feito pela Polícia Civil, a pedido do vereador Marcos Roberto, apontou que a criminalidade - no que diz respeito a roubos e furto de veículos - caiu em Patrocínio Paulista.

De janeiro a outubro de 2014, vinte e duas pessoas foram vítimas de roubo (quando a vítima sofre violência ou ameaça), enquanto neste ano, no mesmo período, foram dezessete.

Os casos de furto de veículos também tiveram redução. De janeiro a outubro deste ano foram registrados seis casos. Ano passado, no mesmo período, foram 13.

*** Furtos
Na contramão dos outros crimes, os casos de furtos (quando é levado um pertence da pessoa sem que ela presencie) cresceram: em 2014, de janeiro a outubro, foram 149 casos. Neste ano já são 162.

Câmara aprova recursos para pavimentação

Durante sessão extraordinária na tarde desta terça-feira, 29 de dezembro, a Câmara de Patrocínio Paulista aprovou três projetos de Lei.


Um deles, o de número 111/2015, autorizou a abertura de crédito adicional especial no valor de R$ 122 mil. O valor será destinado aos serviços de pavimentação, construção guias e sarjetas na rua que liga a Avenida Quintino Bocaíuva a Rua Geraldo Filú (onde estão localizadas chácaras).

Outro projeto que teve grande repercussão entre os vereadores foi o que dá a possibilidade do município de criar lotes urbanizados e o Fundo Municipal de Habitação Popular atendendo, prioritariamente, famílias cuja renda não ultrapasse três salários mínimos (para saber mais sobre a discussão desse projeto, assista a leitura e votação no vídeo abaixo).

A Câmara também aprovou a permanência de um munícipe e sua família (com duas filhas com necessidades especiais) em imóvel que pertence à Prefeitura.

Prefeito é convidado para a primeira sessão ordinária de 2016

O presidente da Câmara, Marcos Roberto Fernandes, e o vice-presidente, Carlito Funchal, assinaram um ofício endereçado ao prefeito Marcos Ferreira convidando o mesmo para participar da primeira reunião ordinária da Câmara de 2016, que será realizada dia 2 de fevereiro.

Os parlamentares querem explicações do prefeito sobre os questionamentos da população a respeito de diversos problemas que surgiram nos últimos anos e que não tiveram solução. Um dos exemplos, é com relação a falta de manutenção nas ruas e avenidas. Terrenos e áreas sujas também estarão em pauta, além da falta de iluminação em vários pontos da cidade.

“Estamos acompanhando de perto todas as reclamações e temos cobrado uma solução do Executivo. Mas, infelizmente, há muita coisa para se fazer. Vamos continuar insistindo até que as soluções apareçam”, disse Marcos Roberto.

Outro questionamento que deve ser feito é com relação ao orçamento municipal, cuja a arrecadação prevista para este ano deve ficar em torno dos R$ 45 milhões. “Queremos saber sobre investimentos, afinal, é um orçamento muito alto”, concluiu o presidente.