Plantões médicos de volta à Santa Casa

Depois de várias reuniões e apelo popular, a Prefeitura de Patrocínio Paulista e a Santa Casa fecharam mais uma parceria. Desta vez para a realização de plantões médicos no hospital. "Na semana passada o hospital e a prefeitura já haviam fechado a retaguarda médica, com atendimentos de algumas especialidades e urgência e emergência. E agora, mais esse anuncio muito aguardado pelos pacientes", disse Marcos Roberto, presidente da Câmara.

Ainda segundo Marcos, na quarta-feira, dia 16, a Santa Casa também participará do chamamento feito pelo município para atendimentos dos serviços de especialidades médicas nas unidades de saúde e também de cirurgias eletivas. "Quem ganha com isso é a população de Patrocínio Paulista", disse Marcos.

Ricardo Rocha parabeniza Patrocínio pelos 131 anos

O vereador Ricardo Rocha usou a palavra, na sessão de ontem, para parabenizar Patrocínio Paulista pelos 131 anos, transcorridos no dia 10 de março. Aproveitou para lembrar da grande festa promovida no centenário da cidade pelo então prefeito Aloísio Andrade Freitas, a qual considerou uma das maiores festas públicas do Estado.

Ricardo fez duras críticas à atual administração que, além do descaso com a cidade nos últimos anos em várias áreas apontadas pela população, não promoveu nenhuma comemoração pelo aniversário.

Ronaldo questiona Prefeitura sobre obras e recursos aprovados pela Câmara

O vereador Ronaldo Oliveira falou sobre vários temas na sessão de ontem, entre eles, os projetos aprovados pela Câmara que autorizaram recursos para a construção de quatro academias ao ar livre e também para serviços de recape e tapa buracos.

“Votamos o projeto das academias há mais de um ano e, depois, aprovamos a suplementação. Até agora, nada da implantação”, disse, acrescentando: “Tem, ainda, os recursos para asfalto e tapa buracos. Cadê? Gostaria de saber”.

Câmara aprova reajuste dos servidores municipais


A Câmara de Patrocínio Paulista aprovou, por unanimidade, os Projetos de Lei 16 e 17/2016 que autorizam o reajuste salarial dos servidores públicos municipais.

O reajuste, válido a partir de 1º de abril, acrescentará 10.86% nos salários da categoria, além do aumento no vale alimentação, que passa dos atuais R$ 570 para R$ 600. Os Projetos também mantêm um vale a ser concedido em dezembro por conta do Natal, no valor de R$ 140.

O vereador José Cláudio de Figueiredo, que também preside o sindicato da categoria, disse que o percentual foi aprovado pelos servidores em assembleias e acompanhou a reposição da inflação. “Vamos (sindicato) continuar lutando por mais benefícios”, disse José Cláudio.

Outros dois Projetos, relacionados ao reajuste e vale alimentação dos servidores da Câmara e vereadores, também foram aprovados ontem. O reajuste seguiu a inflação do período.