Câmara cria Lei que instituí o Dia do Agricultor em Patrocínio Paulista

A Câmara de Patrocínio Paulista aprovou durante a última sessão, o Projeto de Lei 49/2019, que instituí no município o Dia do Agricultor.

O projeto, de autoria do vereador Vagner Andrade, e que agora segue para a sanção do Prefeito Mauro Barcellos, prevê a comemoração do Dia do Agricultor no dia 28 de julho. A data será incluída no calendário oficial de eventos do município.

Como Patrocínio é um município essencialmente agrícola, Vagner acredita que as escolas poderão desenvolver atividades relacionadas com o tema, contando com a participação de professores, funcionários e alunos.

Vagner ainda lembrou, durante a sessão, que Patrocínio conta hoje com produção de café, cana de açúcar, laranja, leite, além da criação de gado de corte.

Presidente da Câmara pede providências do Poder Público quanto a ação de pedintes

O presidente da Câmara de Vereadores, Ricardo Magrin, apresentou indicação na sessão passada pedindo ao Poder Público providências quanto a ação de pedintes na praça central. Segundo ele, os pedintes têm importunado quem entra e saí das agências bancárias e, além disso, eles têm feito as refeições na praça e deixando restos de comida por toda a parte.

Magrin ainda lembrou em outra indicação que alguns pedintes tem feito gestos obscenos para as pessoas que passam pela praça, inclusive crianças.

 

 

 

Prefeitura e Santa Casa fecham acordo para Pronto Atendimento

Durante reunião realizada na tarde de hoje, no Fórum de Patrocínio Paulista, Santa Casa e Prefeitura fecharam acordo para o Pronto Atendimento da rede pública de saúde. O anúncio foi feito pelo juiz Fernando da Fonseca Gajardoni.

Isso porque estava prevista para acontecer no Fórum, nesta tarde, uma audiência pública de conciliação para a renovação do convênio, mas o juiz reuniu os representantes do hospital e Prefeitura que chegaram a um acordo sem a necessidade da audiência.

Ao final, foi apenas anunciado o acordo. “Fico feliz que o judiciário não precisou intervir nessa questão (do Pronto Atendimento)”, disse o juiz Gajardoni.

Os vereadores estiveram presentes no auditório do Fórum, mas não foram convidados a acompanhar a negociação. Ricardo Rocha, vereador e presidente da Comissão de Finanças da Câmara, disse que a Câmara fica satisfeita com o acordo, mas que não se sabe se foi bom ou ruim. "Nós queríamos participar e fomos para isso, mas não fomos chamados como Poder Legislativo, representantes do povo. Não participamos de nada", disse.

O vereador Marcos Roberto disse que os detalhes só chegarão à Câmara quando da aprovação do projeto que prevê o acordo.

*** O acordo***
Ficou definido que o município irá repassar ao hospital o valor de R$ 261 mil mensais para o hospital. Caso os valores não sejam usados na totalidade, serão destinados a outros serviços, como exames, por exemplo. Os termos propostos ainda serão submetidos à diretoria da Santa Casa e, somente depois, o acordo será formalizado.

Câmara autoriza créditos para pagamentos de servidores e para a Santa Casa

Durante sessão realizada na noite de ontem, 24 de setembro, a Câmara de Patrocínio Paulista aprovou dois Projetos de Lei que autorizam o município a abrir crédito adicional que serão destinados a pagamentos de servidores e também para o serviço de Pronto Atendimento da Santa Casa.

O Projeto de Lei 42/2019 autoriza a Prefeitura destinar R$ 513 mil para pagar os serviços e Pronto Atendimento, Urgência e Emergência prestados pela Santa Casa. Já o Projeto de Lei 43/2019 abre crédito de R$ 1 milhão que será destinado para suplementar ficha de serviços de pessoa jurídica da Administração, ainda para atender vale alimentação dos servidores; para realização de festividades de final de ano e aditamento de contratos de prestadores de serviços, que vencem entre os meses de setembro a dezembro desta ano.

A sessão na íntegra, pode ser conferida no vídeo abaixo.