Valdete cobra manutenção em creche

O vereador Valdete de Jesus apresentou indicação na sessão da última terça-feira, 26, solicitando ao Executivo, que faça manutenção com urgência na creche Inês do Couto Rosa. Segundo ele, as paredes estão com infiltrações e muito bolor, o que é prejudicial a saúde de todos que frequentam o local, especialmente as crianças.
 
Valdete também solicitou a Prefeitura que faça a capina em terrenos no bairro Nélio Liporoni, onde a população tem reclamado do aparecimento de animais peçonhentos como ratos, escorpiões, baratas e cobras.

Lourival e Marcos querem informações sobre escrituras das casas do Minha Casa Minha Vida e Bandeirantes

Os vereadores Lourival Crispolini e Marcos Roberto Fernandes enviaram requerimento à Prefeitura, lido e aprovado na sessão de ontem, pedindo informações ao setor de engenharia sobre o processo de escrituras das casas do Programa Minha Casa Minha Vida e escrituras do Conjunto Habitacional Bandeirantes.

"A solicitação é necessária já que implica na segurança da população. Tive informação de que o processo do Bandeirantes estava no cartório, mas que não está mais. Precisamos saber em que situação está o andamento da escrituras para informar os moradores", disse Lourival. A Prefeitura tem 15 dias para responder o requerimento.

Marcos Roberto questiona Prefeitura sobre casos de dengue e entrega kit escolar

O vereador Marcos Roberto Fernandes encaminhou ofício à Secretaria de Saúde e também à Secretaria de Educação questionando dois casos que preocupam a população.
 
O primeiro é o número de casos confirmados e casos suspeitos de dengue na cidade, visto que muitas cidades da região estão enfrentando epidemia da doença. “A gente fica sabendo de pessoas que estão com a doença, mas os números atualizados de casos não têm”, disse o vereador.
 
Marcos também disse que muitos pais de alunos têm perguntado sobre os kits escolares. Por isso, se dirigiu à Secretaria de Educação questionando a data da entrega, mesmo porque as aulas já começaram. “Assim que tivermos uma resposta vamos avisar aos pais”, disse Marcos.

Alcides lista problemas na cidade e pede solução

Na primeira sessão do ano, o vereador Alcides Resende fez uma lista de problemas da cidade e pediu solução. Entre eles, está a situação do Ginásio Diamantão em que ele pede, por meio de indicação, a instalação de um alambrado resistente para evitar que a bola dos jogadores de futsal atinja o público que assiste aos jogos, especialmente crianças. Alcides também pediu a retirada de canos de ferro instalados no local, já que ele teme que alguém caia em cima desses canos e se machuque.
 
Outra situação apontada pelo vereador, foi a má qualidade do asfalto do Residencial Paraíso. Ele pede que os proprietários de imóveis ajudem a cobrar da loteadora um serviço de boa qualidade. “Esta uma vergonha. Jogam uma água preta, feito caldo de café, e dizem que estão recapeando”, desabafou Alcides.
 
Ele também pediu melhorias nas ruas da Vila Hípica que precisam de recapeamento.
 
Alcides falou ainda sobre o serviço dos Correios em alguns bairros e disse que cobrou do órgão, mas que é importante as pessoas colocarem o número nas casas. “Muitas vezes o carteiro vai no bairro e tem o nome da rua, mas falta número da casa”, disse o vereador.
 
Com relação à dengue, Alcides fez um alerta e pediu apoio das pessoas que têm terrenos na cidade para que providencie limpeza. “Vamos colaborar e limpar. O perigo da dengue está aí”.
 
Por fim, Alcides pediu providências quanto à manutenção das máquinas do pátio municipal.