História do Município

HISTÓRICO

A região do rio Santa Bárbara, afluente do Sapucaí-Mirim, teve o povoamento iniciado pelo ano de 1830, quando a notícia de extração de Diamantes, atraiu inúmeros garimpeiros, que se fixaram naquela região, iniciando um povoado.
Em 1833 foi elevado à categoria de freguesia com o nome de Nossa Senhora do Patrocínio de Santa Bárbara dos Macaúbas.
No entanto, em 1850, João Cândido dos Reis e outros proprietários provocaram a expulsão dos garimpeiros por invasão de terras, mediante emprego de força militar que com violência afugentou-os para vários quilômetros acima, no rio Sapucaizinho. Em 1854, o povoado de Nossa Senhora de Santa Bárbara foi extinto e destruído.
Nova povoação formou-se, levando o Bispado de São Paulo a criar a freguesia de Nossa Senhora do Patrocínio do Sapucaí, em abril de 1874, ato confirmado pela Assembléia Legislativa Provincial.
Em março de 1885, foi elevada à vila, com a denominação de Patrocínio do Sapucaí, incorporando em 1891 o Distrito de Paz de Itirapuã.
Pela Lei nº 233, de 24 de dezembro de 1944, Patrocínio do Sapucaí, teve alterada a denominação para Patrocínio Paulista.

GENTÍLICO: PATROCINENSE

FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA

Freguesia criada com a denominação de Nossa Senhora do Patrocínio do Sapucahy, por Lei Provincial no 17, de 30 de março de 1874, no Município de Franca.
Elevado à categoria de município com a denominação de Nossa Senhora do Patrocínio do Sapucahy, por Lei Provincial no 23, de 10 de março de 1885, desmembrado do Município de Franca. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou-se no dia 28 de janeiro de 1888.
Cidade por Lei Municipal de 28 de maio de 1895.
Lei no 751, de 14 de novembro de 1900, cria o Distrito de Itirapuan e incorpora ao Município de Nossa Senhora do Patrocínio do Sapucahy.
Em divisão administrativa do Brasil referente ao ano de 1911, o município de Patrocínio e Nossa Senhora do Sapucahy, é constituído de 2 Distritos: Nossa Senhora do Supucahy e Itarapuan.
Assim permanecendo em divisão administrativa referente ao ano de 1933-1940.
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 1937, bem como no quadro anexo ao Decreto-lei Estadual no 9073, de 31 de março de 1938, o município compreende o único têrmo judiciário da comarca de Patrocínio do Sapucahy e se divide em 2 Distritos: Patrocínio do Sapucahy e Itirapuã.
No quadro fixado, pelo Decreto Estadual no 9775, de 30 de novembro de 1938, para 1939-1943, o município é composto de 2 distritos: Nossa Senhora do Sapucahy e Itarapuan,
Município e o Distrito Nossa Senhora do Patrocínio do Sapucahy, cuja denominação foi alterada para Patrocínio Paulista pela Lei Estadual nº 233, de 24 de dezembro de 1948.
Fixado o quadro territorial para vigorar em 1949-1953 onde figura composto do Distrito Sede, e pertence a comarca de Patrocínio Paulista.
Em virtude do Decreto-lei Estadual no 14334, de 30 de novembro de 1944, que fixou o quadro territorial para vigorar em 1945-1948, o Município de Patrocínio paulista ficou composto de 2 Distritos: Patrocínio Paulista e Itirapuã, é constituído o único têrmo judiciário da comarca de Patrocínio Paulista a qual é formada pelo único Município de Patrocínio Paulista. Passou a chamar-se Patrocínio Paulista, pela lei no 233, de 24 de dezembro de 1948.
Lei estadual no 233, de 24 de dezembro de 1948, desmembra do Município de Patrocínio Paulista o Distrito de Itirapuã.
Assim permanece no quadro fixado pela Lei Estadual nº 2456, de 30-XII-1953 para 1954-1958, o município é constituído do Distrito Sede.
Em divisão territorial datada de 01-VII-1960, o município é constituído do Distrito Sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.
ALTERAÇÕES TOPONÍMICAS MUNICIPAIS
Nossa Senhora do Patrocínio do Sapucahy para Patrocínio Paulista alterada, por Lei Estadual no 233, de 24 de dezembro de 1948.


Fonte: IBGE