Prefeitura e Santa Casa fecham acordo para Pronto Atendimento

Durante reunião realizada na tarde de hoje, no Fórum de Patrocínio Paulista, Santa Casa e Prefeitura fecharam acordo para o Pronto Atendimento da rede pública de saúde. O anúncio foi feito pelo juiz Fernando da Fonseca Gajardoni.

Isso porque estava prevista para acontecer no Fórum, nesta tarde, uma audiência pública de conciliação para a renovação do convênio, mas o juiz reuniu os representantes do hospital e Prefeitura que chegaram a um acordo sem a necessidade da audiência.

Ao final, foi apenas anunciado o acordo. “Fico feliz que o judiciário não precisou intervir nessa questão (do Pronto Atendimento)”, disse o juiz Gajardoni.

Os vereadores estiveram presentes no auditório do Fórum, mas não foram convidados a acompanhar a negociação. Ricardo Rocha, vereador e presidente da Comissão de Finanças da Câmara, disse que a Câmara fica satisfeita com o acordo, mas que não se sabe se foi bom ou ruim. "Nós queríamos participar e fomos para isso, mas não fomos chamados como Poder Legislativo, representantes do povo. Não participamos de nada", disse.

O vereador Marcos Roberto disse que os detalhes só chegarão à Câmara quando da aprovação do projeto que prevê o acordo.

*** O acordo***
Ficou definido que o município irá repassar ao hospital o valor de R$ 261 mil mensais para o hospital. Caso os valores não sejam usados na totalidade, serão destinados a outros serviços, como exames, por exemplo. Os termos propostos ainda serão submetidos à diretoria da Santa Casa e, somente depois, o acordo será formalizado.